segunda-feira, março 11, 2013

Os demónios de Juncker

Jean-Claude Juncker à Der Spiegel: «os demónios não desapareceram, estão apenas adormecidos».  Refere-se o PM luxemburguês a uma futura guerra europeia. Nós sabemos; ele também e os líderes alemães e outros, também. 
Não me apetece nada fazer previsões negras. Se esta farsa europeia continuar, não tenho dúvidas de que as coisas vão ficar feias. A Alemanha será sempre quem terá mais a perder, partindo-se em pequeninos, outra vez, quiçá regressando aos principados...

3 comentários:

Paulo Cunha Porto disse...

Olha que coincidência, também botei faladura sobre este temor expresso:

http://jovensdorestelo.blogspot.pt/2013/03/gente-de-paz-gente-de-guerra.html

Agora, se me garantes que o resultado é a Alemanha voltar aos Principados, já nem sei se não valerá a pena o sacrifício de um enfrentamento doloroso. Além de a forma de Governo voltar a ser digna, afastar-s~-ia esta constante fonte de problemas que é a Germania alçada a colosso...

Abraço

GJ disse...

:))))

Ricardo António Alves disse...

Ó meu caro, garantias, só o Tiririca é que as dá... O melhor é fazermos humor, já que a corda está a ser tão esticada...
Abraço


GJ,há que tempos!...
Um abraço