terça-feira, novembro 09, 2010

Manuel Bandeira

O enorme Manuel Bandeira. 5 poemas, aqui.

4 comentários:

d.e. disse...

Li, gostei, e agora vou-me embora pra Pasárgada.

RAA disse...

Lá é amigo do rei?

d.e. disse...

Não, lá tenho a mulher que eu quero na cama que escolherei.

RAA disse...

Ah, então eu vou também.