terça-feira, novembro 02, 2010

Adalberto Alves

5 versões da poesia árabe peninsular, aqui.

2 comentários:

Ana Paula Sena disse...

Fui ver. Gostei imenso.

Grande mérito também o do tradutor.

Um abraço, RAA.

RAA disse...

É verdade, Ana Paula.
Outro.