quinta-feira, fevereiro 03, 2011

Melhor é merecê-los sem os ter, / Que possuí-los sem os merecer.
Camões

12 comentários:

rose prado disse...

O Abencerragem sempre emperra quando o acesso. Os outros, não....


Eu queria copiar o aforismo de Camões e acaba q desisti...porque emperra tudo...demora muito.

Deve ser porque tem muita gente e sons...sei lá....

Manuel Nunes disse...

Depois de toda a festança com as deusas e ninfas da Ilha dos Amores, nada como umas estrofes sisudas para acalmar a ira dos Dominicanos. Arte, arte - a quanto obrigas!

RAA disse...

Rose: obrigado pelo aviso. Vou ver o que posso fazer.

Manuel: os dominicanos foram compreensivos e acharam que o céu não bastava para tanto denodo evangelizador...

Manuel Nunes disse...

Sim, compreensivos graças às ferroadas dadas no poema aos inacianos. Por isso dizia o censor d´Os Lusíadas, Frei Bartolomeu Ferreira, que a "fição dos Deoses dos Gentios he Poesia & fingimento, ficando sempre salva a verdade da nossa sancta fé". Caramba, falar de poesia e fingimento quatro séculos antes de Fernando Pessoa é obra!

RAA disse...

Só temos a agradecer ao Magnífico Censor...

GJ disse...

Nada como Camões para repor o bom senso...:-)

GJ disse...

e reler Agustina!

RAA disse...

Os dois bem desassizados, cada um a seu modo...

Mónica disse...

isso é coisa para 500 anos eheheh hoje mais vale ter o merecer compra-se :DDDD

RAA disse...

Mas que cínica, Mónica...

Mónica disse...

a sério?? :P
divirto-me imenso a comentar blogue tão suculento. peço desculpa santo antero

RAA disse...

Muito obrigado, Mónica. Dê-lhe bom uso.