quarta-feira, maio 04, 2016

mais um tiro no Aborto Ortográfico

aqui

3 comentários:

sincera-mente disse...

Infelizmente, Ricardo, o tiro é inofensivo. Talvez seja só na atmosfera...
Enquanto o Vitorino dizia isso, os seus amigos e correlegionários, nomeadamente o inefável Augusto (agora MNE), afirmava de cátedra (ainda que por outras palavras) que os anti-acordistas podem tirar o cavalinho da chuva...

Por outro lado, não deixo de lamentar que a maioria das pessoas que se manifestam publicamente (nomeadamente em comentários nas redes sociais, como no blogue para que remete) não saibam bem porque são contra; ou seja, parece que são contra porque sim, ou por princípio, e não porque ESTE A.O. é uma merda (sabe o Ricardo que até nem costumo utilizar este termo, que me faz sempre lembrar o fedor associado) e só vem empobrecer o nosso querido idioma, seja ele falado onde quer que seja!

Mister Vertigo disse...

Espero bem que este acordo termine depressa, um verdadeiro atentado à língua portuguesa, que não merecia ser
tão maltratada.

Ricardo António Alves disse...

Caro Fernando, já tinha pensado em escrever algo sobre as más razões de ser-se contra o Aborto Ortográfico; e outra sobre a postumar mole deste governo, que, aliás, apoio. Grande abraço.

Mister Vertigo: o Aborto está condenado, é uma questão de tempo. Quanto mais demorar, maiores serão os estragos. Saudações cordiais.