quinta-feira, abril 28, 2016

uma carta de Eça de Queirós

Um perfeito exemplo do humour queirosiano, a propósito do crónico desarranjo intestinal, vírus provavelmente contraído em Cuba ou no Egipto e que tanto o moerá até à morte. sendo eventualmente a causa dela. (Creio que a doença que vitimou Eça ainda não terá sido desvendada.)
Outro aspecto interessante é a menção ao livro do historiador alemão Ludwig Heinrich Friedländer, Quadros dos Costumes Romanos desde Augusto até à Época dos Antoninos (3 vols., 1862-1871), que certamente terá servido como bibliografia para A Relíquia.

4 comentários:

Paula Lima disse...

Não consigo ler e olhe que até gostava!

Ricardo António Alves disse...

É boa, também não consigo abrir...
Espreite na coluna lateral, 'ao lado', o Epistolário Português.|

Paula Lima disse...

Muito bom! Mesmo sofrendo, não perdia o sentido de humor!

Ricardo António Alves disse...

Ah, sempre conseguiu!