terça-feira, outubro 27, 2015

Luaty Beirão, resistir é vencer


q.e.d.

2 comentários:

manuelpereirabarros Meira disse...

O caso do Luaty,preso há 4 meses,está em vias de resolução. Agora,os grandes democratas tem que falar dos presos de Guantánamo,detidos há 14 anos,sem culpa formada!!! País da OTAN e grandissimamente democrata,quem os detém deve explicações a todo o mundo civilizado. Os defensores de Luaty deverão lembrar-se de verberar idênticos(?) procedimentos tirânicos. Haja decoro!!!

Ricardo António Alves disse...

O Luaty está a resolvê-lo, é um facto.
Quanto ao resto, eu também sou muito contra a selectividade das indignações: Guantanamo, Tibete, Coreia do Norte, Arábia Saudita, e outras misérias por aí fora.