quinta-feira, julho 07, 2016

devo ter lixado um javardo do trânsito, graças a deus

Não suporto gente incivilizada, em especial no trânsito. Por vezes fazem com que me torne um deles. Por norma, tento abstrair-me, passar adiante, afastar-me o mais possível dessa escumalha. Por vezes, não consigo -- ainda há semanas ia-me pegando com um tipo de tuk-tuk, que ocupava a estrada enquanto tratava da barganha com turistas.
Hoje, apanhei um acidente, pelo menos aparatoso, que ocupava duas vias e que, com carros de bombeiros e polícia, condicionava o trânsito. Fila muito curta, perfeitamente suportável; mas um anormal que ia atrás de mim, apitou, por duas vezes. Inacreditável javardo... O GNR deve ter pensado o mesmo, pois começou a perguntar aos condutores, à medida que íamos passando, se teríamos sido nós a apitar, ao que eu respondi de pronto: «Foi o gajo atrás de mim.»  E atrás de mim ficou, retido, e só espero que lhe tenham estragado o fim do dia.

3 comentários:

Paula Lima disse...

Agora que somos pedestres, já que o nosso "boguinhas" pereceu de velho, ficamos por vezes parados a ver os disparates que se fazem nas ruas por onde passamos. "Temos" vindo a piorar em todos os sentidos de educação/civilidade e um carro passou a ser uma arma de poder para muitos!

Jaime Santos disse...

Delator, delator, delator ;-) !!! Gostava tanto de ter sido eu a fazer isso! Não suporto condutores e peões mal-educados!

Ricardo António Alves disse...

E os que falam ao telemóvel e abrandam em andamento? E os que atiram lixo pela janela? E os que não cedem a prioridade a que são obrigados? E os que...