quinta-feira, janeiro 05, 2017

O Vendedor



Regresso a Asghar Farahdi, manipulador exímio das consequências do acaso.


2 comentários:

bea disse...

Gostei do filme e da forma como o realizador delineia o dilema do espectador. Mas parece-me que ele é assim mesmo, notei isso noutro filme que suponho se chama A Separação.

Ricardo António Alves disse...

Sim, há muitos pontos de contacto.