quinta-feira, junho 16, 2016

Galo de Barcelos

Ontem, num colóquio sobre literatura e turismo, em conversa amena ao almoço com Ricardo Belo de Morais, disse-lhe que o Pessoa foi transformado no galo de barcelos da nossa literatura, ao que ele responde que já há galos de barcelos-Fernando Pessoa. A realidade ultrapassa, sempre, sempre, a ficção.



3 comentários:

Paula Lima disse...

Quase inacreditável, não fosse existirem!

sincera-mente disse...

Usando a mui erudita linguagem em voga, LOL!
Bem apanhado!
Mesmo assim, antes o Pessoa que o Ronaldo...

Ricardo António Alves disse...

É verdade, Paulo, pero los hay!

LOL, Fernando, LOL :)