domingo, dezembro 19, 2010

Manuel Alegre

5 poemas, aqui.

3 comentários:

Manuel Nunes disse...

Em S.Domingos de Rana, o livro de Janeiro é "Jornada de África". Sim, prefiro os poetas aos economistas (apesar da minha primeira formação universitária ter sido tirada no velho Instituto da Rua do Quelhas, por onde passou um tal Aníbal, mas também o saudoso Francisco Pereira de Moura). Platão enganou-se: acho que os poetas fazem muita falta ao governo da polis.

Dalaiama disse...

Tenho pena de ver que o Cavaco é capaz de ganhar, ainda por cima logo à primeira volta.
Mas enfim, democarcia é isto mesmo, convivermos todos com as diferenças e pacificamente.
Bom, aqui estou eu a falar de política quando o assunto é poesia... peço que não me leve a mal :)
Felicidades para si e, se entretanto não lhe deixar mais comentários até lá, Bom Natal :)

RAA disse...

Manuel, sempre com novidades (não o sabia do Quelhas...)

Dalaiama: é isso mesmo. O nosso poema de cada dia vamos lendo.
Um abraço e Feliz Natal, também.