segunda-feira, junho 23, 2014

reciclagem

«Logo a seguir à revolução, em Abril do ano anterior, civis barbudos e soldados de cabelo comprido e camuflado em tiras vigiavam as estradas, revistavam automóveis, ou desfilavam lá em baixo, em bando, nas pracetas, comandados por um desses microfones incompreensíveis de sorteio de cegos que o marxismo-leninismo-maoismo reciclara.»
António Lobo Antunes, Auto dos Danados (1985)

3 comentários:

M D Roque disse...

Sabe que me lembro perfeitamente desta época e ler esta passagem de Lobo Antunes é como olhar para uma foto nítida.
Abraço. MD

http://acontarvindodoceu.blogspot.pt

M D Roque disse...

Peço desculpa por me intrometer, mas como tem moderação de comentários activa, já pensou desabilitar o robot verificado? Desactivado facilita muito mais os comentários.
Um abraço. D

Ricardo António Alves disse...

Olá :)
Não peça desculpa. Agradeço a sugestão, mas não me apetece ter aqui comentários indesejáveis. Não por mim, que posso bem com eles, mas por terceiros, como já sucedeu, anonimamente, é claro....

Também me lembro bem desse tempo. Embora criança (sou de 64), seguia tudo com o maior interesse. E quanto aos altifalantes, eu sou uma vítima da Associação de Cegos Louis Braille, que estacava a carripana à porta da minha casa durante uma hora ou mais, com carrinho novo a brilhar em cima e voz de pedincha. Era de enlouquecer.